Entrelaces Artesanais: A técnica da “Palhinha"[Rejilla] No Mobiliário
PDF (Português (Portugal))

Palabras clave

Gondomar
mobiliário
técnica de palhinha
empalheirar
empalhadeira
séculos XIX-XXI Gondomar
furniture
straw technique
sttufing
straw officer
19th-21st century

Cómo citar

Cardoso, C. M. dos S. (2021). Entrelaces Artesanais: A técnica da “Palhinha"[Rejilla] No Mobiliário. Res Mobilis, 10(13-2), 279-302. https://doi.org/10.17811/rm.10.13-2.2021.279-302

Resumen

O empalhador e a empalhadeira são os artesãos que executam a técnica de empalheirar em palha da Índia, no mobiliário. No concelho de Gondomar, este ofício era desempenhado por mulheres e raparigas adolescentes em contexto doméstico e familiar. Apesar da profusa implementação desta técnica no mobiliário dos séculos XVII ao XX, e do seu amplo desenvolvimento em Gondomar na centúria passada, o empalhamento artesanal tende a ser atualmente preterido a favor de processos mais industrializados. Por esta razão, esta arte carece de estudos aprofundados sobre a sua execução, morfologia e utensílios. Com este estudo pretendemos partilhar uma prática artesanal em risco de se perder neste concelho dos arredores do Porto (Portugal), dar a conhecer às gerações mais jovens um ofício que envolveu, em tempos, muita mão-de-obra e aproximar os gondomarenses e o público em geral do património industrial relacionado com a produção de mobiliário.

https://doi.org/10.17811/rm.10.13-2.2021.279-302
PDF (Português (Portugal))

Referencias bibliográficas

Clouzot, Henri. “Archives de l’amateur et du professionel: Les meubles du XVIIIe siècle.” Paris: A. Morancé, 1922.

Phillips, James. “Medical botany.” London, Printed and sold for the author by James Phillips, 1790-1793. http://www.illustratedgarden.org/mobot/rarebooks/page.asp?relation=QK91C7431790V3&identifier=0190

S/A. “Como se estereilla sillas. Una manualidad fácil, util y económica.” Revista Hobby, s/d, 263-264. http://www.comohacer.info/DESCARGAS/sillas-esterillado0001.pdf

Valente, Maria Adelina. “Matrizes Inglesas no mobiliário português da segunda metade do século XVIII.” Tese Doutoramento. Universidade Católica Portuguesa (2014): 104-105.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.